x

Menu

Artigos / Artigos

5 dicas para lidar com pessoas difíceis

Artigos

 Munzner

É comum ouvirmos queixas sobre “pessoas difíceis” nas equipes de trabalho e na família. Os casos ficam ainda mais complexos quando a pessoa difícil em questão está em um alto cargo de hierarquia dentro de uma empresa. Como lidar com pessoas difíceis? Separamos 5 dicas para você conseguir agir de maneira assertiva e produtiva. 

.

pessoas difíceis

.

1. Como lidar com pessoas difíceis: nossa postura física

A primeira reação natural ao nos depararmos com alguém de temperamento difícil é sair do eixo e entrar na mesma frequência negativa.

Porém, a primeira tática simples para não se abalar é o autocontrole físico. É controlar a respiração e nossa postura geral. Precisamos nos manter calmos, por mais que muitas sensações estejam atravessando o corpo e a mente. A temperatura subiu? Inspire e solte o ar lentamente. Alguém está agindo negativamente? Tente manter uma expressão neutra e até mesmo se interessar pela resistência que a pessoa demonstra.

.

pessoas difíceis

.

2. Como lidar com pessoas difíceis: prestar atenção em nossos sentimentos

A segunda tática é compreender o que aquilo desperta em você. Ao ouvirmos o outro no Thinking Environment, nós prestamos atenção em três canais de resposta: a) no conteúdo que o outro está falando; b) nos 10 componentes; c) na resposta que emerge dentro de você, nos seus sentimentos.

Uma estratégia é mapear sentimentos que surgem em nós, aqueles que incluem repulsa, raiva, amedrontamento. Acolhê-los e acalmá-los. Ao invés de suprimí-los, entender porque estamos nos sentindo assim. E deixar essa sensação ir embora, por saber que ela é temporária.

.

3. Como lidar com pessoas difíceis: distanciamento e empatia

Friedrich Glasl explica, em seu livro “Autoajuda em conflitos” (2012), que há vários níveis de conflito. À medida que eles aumentam, cresce também o nível de irracionalidade. Até um certo nível de escalamento do conflito é possível manter-se distante, não levar a reação da pessoa para o pessoal. Ela pode estar numa fase complicada de vida, talvez o problema seja mais profundo.

Distanciamento e empatia podem ser bons aliados na hora de lidar com pessoas difíceis. Uma dica é esquecer que esta pessoa é seu chefe ou seu parceiro de vida e apenas observá-la como um ser humano, com atenção e interesse genuínos, observando que está acontecendo por trás daquela reação emocional.

.

4. Como lidar com pessoas difíceis: informação, encorajamento e diversidade

Evite agir de maneira explosiva ou submissa, mas sim com curiosidade.“O que essa pessoa quer trazer para mim?” “por que ela pode estar agindo assim?”, “qual a necessidade dela que não está sendo atendida?”.

Segundo a teoria da Comunicação Não-Violenta, as pessoas reagem de maneira negativa quando alguma necessidade não está sendo atendida. Qual é a necessidade desta pessoa? Aceitação? Apreciação? Confira a lista de necessidades humanas universais mapeadas por Marshall aqui.

O Thinking Environment indica, nessas horas, o componente da informação: sair da negação e olhar para todos os fatos disponiveis. Também aceitar a diversidade de pensamentos e posicionamentos e encorajar o outro a expor o que necessita no momento, dizendo o que realmente pensa, ou sente.

Informação, encorajamento e diversidade fazem parte dos 10 componentes do Thinking Environment, comportamentos que, se mantermos e internalizarmos, conseguiremos sustentar situações com divergências de maneira mais leve.

.

5. Como lidar com pessoas difíceis: faça o outro pensar

Para quebrar um círculo vicioso de pensamentos e crenças negativas que fazem daquela pessoa alguém difícil de lidar, experimente usar táticas do Thinking Environment para criar uma pergunta incisiva ou provocadora. Alguns exemplos: “o que você está supondo que te faz acreditar que esse projeto não tem jeito?” “se você soubesse que a nossa equipe tem capacidade para superar este desafio, quais seriam os próximos passos?”.

Ou seja: mantenha uma postura neutra, compreenda seus sentimentos, internalize comportamentos relacionados aos 10 componentes do Thinking Environment e faça o outro refletir sobre a situação e sobre si mesmo. Em outras palavras: não se deixe abalar e inspire sutilmente o outro a mudar!

.

pessoas difíceis

.

Para ler mais sobre esse tema, veja também “Conflito entre equipes: como resolver”  e “Caso real: o Thinking Environment realmente ajuda em casos de conflito?”