x

Menu

Artigos / Artigos

Os 4 níveis da escuta: Teoria U e Thinking Environment

Artigos

 Munzner

Você sabia que a escuta pode ser transformadora? A abordagem de mudança sistêmica conhecida como Teoria U e também o Thinking Environment usam a escuta como catalisadora de pensamentos e novas ideias.

Diferente de abordagens tradicionais, que inovam a partir de observações do passado, tanto o Thinking Environment quanto a Teoria U propõem um novo olhar: sair dos padrões do passado para criar e inovar a partir do que é mais verdadeiro e que surge no momento presente.

Um dos padrões antigos é a forma com que escutamos o outro. Para adquirir consciência das diferentes escutas, convidamos você a observar os níveis de escuta dentro da Teoria U como descritos por Otto Scharmer – criador da teoria, escritor e professor do MIT (Massachusetts Institute of Technology).

escuta

Primeiro nível de escuta: downloading

O primeiro nível de escuta é chamado de downloading e se caracteriza por estarmos fingindo que estamos ouvindo, mas estamos concordando sem prestar atenção. Por exemplo: “tudo bem?” tudo bem! Há respostas automáticas pois o nível de diálogo parece pedir apenas por isso. Quando achamos que tudo que é dito só confirma o que já sabemos, respondemos no modo automático e vamos apenas fazendo um downloading do que é dito e do que se espera de respostas já conhecidas.

Segundo nível: escuta factível, abrindo a mente

O segundo nível de escuta é desenvolvido quando se escuta com a mente aberta, que é chamada a escuta factível. Isso acontece quando você vai desligando a voz interna de julgamento para começar a escutar os fatos. Você passa a comparar quais fatos fazem sentido, faz perguntas e presta atenção nas respostas. Essa escuta é voltada ao presente, com mente aberta, mas os níveis mais profundos do coração e da vontade ainda estão fechados.

Terceiro nível: escuta empática, abrindo o coração

Na escuta empática, você não se conecta apenas com sua mente, mas escuta também com o coração. Você não está apenas entendendo o que a outra pessoa fala, mas está se conectando com ela. Você consegue se colocar no lugar do outro, fazer uma leitura de mundo a partir das referências do outro, então a fala da outra pessoa toca o seu coração. Algumas metodologias abordam maneiras de chegar a esse nível, entre elas a Comunicação Não Violenta (CNV) e o Thinking Environment.

escuta

Quarto nível: escuta generativa, abrindo a vontade

O que acontece nesse nível é a escuta no nível mais profundo: quando prestamos atenção em como a outra pessoa está criando pensamentos e entramos em uma conexão profunda com ela. Nesse momento, você abriu mente, coração e o principal: vontade para o ouvinte e para todas as possibilidades que podem emergir a partir dessa interação e com isso ir diretamente para a ação.

“Aprender o Thinking Environment me ensinou a acelerar a descida do lado esquerdo do U quando ensino nos workshops esses níveis mais profundos de escuta. Na verdade conhecemos o Thinking Environment através da Teoria U porque a gente percebeu que muitas pessoas que usam a Teoria U internacionalmente usam o Thinking Environment para criar exatamente esse container seguro de escuta”, conta Steffen Münzner, facilitador de processos de Teoria U e consultor de Thinking Environment

Você não está apenas tendo empatia com o outro, mas também gerando transformação profunda ao co-criar pensamentos junto com ele, mesmo ficando em silêncio. Ou seja: neste momento você está encorajando a outra pessoa a gerar algo novo através da sua escuta. Ali acontece a inovação!

escuta

É uma escuta no presente voltada ao futuro que quer emergir, que pressupõe uma conexão com uma fonte profunda e sistêmica de sabedoria e criatividade coletiva. Essa é a escuta que o Thinking Environment proporciona e que acontece a partir do conjunto dos Dez Componentes.

E você, como escuta quem está ao seu redor, sua equipe, seus familiares? Para saber mais sobre a escuta no Thinking Environment, confira nosso artigo “Como Momo escuta? Gerando pensamento!” e “Dedicar sua atenção ao outro pode mover montanhas”.

Quer saber mais sobre a Teoria U? Veja esse material em inglês do Instituto Presencing clicando aqui. Em português, confira a entrevista de Otto Scharmer para um canal brasileiro durante a Mostra de Sustentabilidade Ethos 2010:

Para entender como aplicar essas teorias na sua organização ou no seu grupo, entre em contato pelo: contato@munzner.co