O Coach essencial e, ao mesmo tempo, irrelevante

Um dos mais instigantes paradoxos do Thinking Environment ganha destaque na aplicação do Programa de Coaching, capaz de libertar o cliente de pressupostos limitantes

Nos perguntamos várias vezes se o Programa de Coaching do TE deveria mesmo se chamar "Coaching", pois ele quebra alguns paradoxos das linhas de Coach que conhecemos até o momento.

O Coach é essencial porque, sem ele, você não tem o ambiente de Thinking Environment que liberta os seus pensamentos. Além disso, ele se baseia na aplicação da Parceria de Pensamento (Thinking Partnership Session®).

E o Coach é irrelevante porque quando você consegue pensar por conta própria, não precisa de ninguém ajudando, muito menos, interrompendo.

O princípio que se aplica aqui é que não sabemos o que o cliente iria pensar se o Coach o permitisse continuar.

Não há como ter certeza se o que o cliente pode produzir por seus próprios pensamentos é melhor que as perguntas e intervenções do Coach podem produzir.

No momento que interrompemos o cliente para sugerir uma pergunta que conduz a direção de seu pensamento, fechamos as portas para o pensamento que o cliente estava desenvolvendo.

E não vamos saber se seus insights teriam sido mais poderosos que os provocados por qualquer intervenção do Coach.

Então, não corremos o risco.

Como Coaches, continuamos a escutar daquela forma peculiar que denominamos "escuta generativa" - sem interromper.

Essa escuta tem o poder de produzir no cliente um processo de pensamento surpreendente, que o faz conectar rapidamente com o que sente e surgir pensamentos inéditos, inacabados, que podem parecer confusos, mas que parecem acender uma faísca que faz explodir pensamentos de valor muito superior ao que nós teríamos conseguido produzir.

E isso pode ser as vezes assustador, até amedrontador, pois a maioria de nós nunca testemunhou antes o poder de uma mente que pensa completamente independente somente na presença ininterrupta da atenção do Coach.

Em alguns momentos da sessão, ou naquele período entre sessões, você pode se perguntar porque o Coach não falou nada em boa parte do tempo, ou até mesmo em uma sessão inteira, parecendo que ele não "fez nada".

Se o Coach conseguiu criar o ambiente que levou você a ter insights profundos sobre si mesmo e suas questões de vida, levou você a se libertar de pressupostos limitantes e avançar, então ele fez o trabalho corretamente, mesmo tendo falado pouco, ou nada.

Ele se transformou em um Thinking Environment para que sua mente pudesse voar.

Desenvolvendo habilidades contra o medo de pensar por conta própria

O cliente que deseja realizar o Coaching no Thinking Environment deve ter o desejo de pensar por conta própria.

O Coach que realiza o processo deve ter um profundo interesse em onde o seu cliente pode chegar antes de precisar qualquer ajuda - um interesse que se renova a cada avanço.

Isso tudo é mantido pela crença, trazida pelo Coach e mais tarde incorporada pelo Coachee, de que todos temos as nossas respostas – e perguntas -, só não temos habilidade para acessá-las.

Como o TE faz você descobrir coisas sobre si mesmo com extrema agilidade, isso pode assustar, pois estamos acostumados a desviar a atenção das coisas que não gostamos de ver ou lidar, pois é desconfortável.

E, como pensador independente, assumir a responsabilidade pelo que pensa, sente e como suas ações se originam a partir disso, é pré-requisito para o sucesso do processo de Coaching.

Conheça o programa de Coaching do Thinking Environment

Conheça o potencial de sua mente, permita-se quebrar os próprios limites e conquistar uma nova vida.

Isso leva muitos Coachees, depois da primeira ou segunda sessão, a terem medo de continuar. Alguns cancelam o programa ou evitam falar sobre as próximas sessões.

Mas em apenas 2 sessões não se desenvolveu ainda a habilidade de pensar por conta própria.

É preciso de mais sessões, recomendamos no mínimo seis, para que o Coachee reconheça os caminhos que sua mente percorre quando quer remover bloqueios e tenha a firmeza de assumir o que pensa e tomar a responsabilidade para resolver o que impede de alcançar seus objetivos.

Nesse ponto uma verdadeira mudança acontece, e o Coachee começa a pensar, ler o que sente e remover bloqueios com extrema velocidade.

É quando os resultados mostram a potência do processo: as pessoas entendem as correlações de seus maiores desafios com questões antigas e difíceis, as vezes familiares, tomam decisões importantes sobre suas carreiras, conseguem empreender com mais coragem, e por aí vai.

Se tornam pessoas mais produtivas, resilientes, corajosas e autônomas.

Se você já está fazendo o Coaching do Thinking Environment ou deseja começar, lembre: a prática regular desenvolve habilidades que trazem o resultado que você busca.

O Thinking Environment não é uma ferramenta para resolver seus problemas, é uma forma de ser que exige prática e dedicação.

Os benefícios fazem valer a pena o esforço.

Aprofunde-se no Thinking Environment com a Munzner

Leia também

O Coach essencial e, ao mesmo tempo, irrelevante

Nos perguntamos várias vezes se o Programa de Coaching do TE deveria mesmo se chamar "Coaching", pois ele quebra alguns paradoxos das linhas de Coach que conhecemos até o momento. O Coach é essencial porque, sem ele, você não tem o ambiente de Thinking Environment que liberta os seus pensamentos. Além disso, ele se baseia […]

Ler artigo
O Thinking Environment é para todo mundo?

As pessoas que possuem dificuldade de aceitar o Thinking Environment geralmente são aquelas muito competitivas que, com medo de perder poder, acabam entrando em um mecanismo de conquista de território e imposição ou até mesmo autoritarismo. O processo é simples, mas as pessoas precisam confiar nele. Se não tiver essa entrega, não haverá resultados. É […]

Ler artigo
O primeiro ato de liderança

“A qualidade de cada ação humana depende do pensamento que fazemos antes da ação”. Portanto, se você está interessado em gerar as melhores decisões para uma melhor ação, deve saber como gerar o melhor pensamento primeiro. O Thinking Environment é um processo que faz exatamente isso. O primeiro ato de liderança genuína é, portanto, criar um […]

Ler artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Imersão 2019 - 9 a 16 de outubro de 2019

Matrículas abertas só até 31 de setembro!

Em 2019 teremos uma semana especial com os Cursos de Formação em Thinking Environment, realizados num sítio perto de Curitiba - Paraná.
Conheça a Imersão 2019

Empresas que já tiveram contato com o Thinking Environment

Nos últimos anos a Munzner treinou diversos profissionais que também foram pioneiros em levar o Thinking Environment para dentro de suas empresas.

CIP – Câmara Interbancária de Pagamentos

Earthworm Foundation

GIZ – German Development Cooperation

Alltech do Brasil

Sustentare Escola de Negócios

FAE

ISAE

UniCesumar

Darnel Group

PUC Paraná - Escola de Negócios

Petrobras

Grupo Boticário

Oi

IBM

SENAR

Perkons

Famiglia Zanlorenzi

Riosulense

Comece sua jornada no Thinking Environment

Inscreva-se para receber nossos materiais educativos.

Virtus Desenvolvimento Integral
CNPJ 20.085.269/0001-25
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram