x

Menu

Artigos / Artigos

Sou facilitador de grupos: como uso o Thinking Environment?

Artigos

 Munzner

Você trabalha interagindo com várias pessoas e equipes? Facilita grupos? Modera reuniões? Este é o segundo artigo da nossa série sobre como usar o Thinking Environment no cotidiano de profissões específicas. Perdeu o primeiro? Explicamos como um coach pode usar o Thinking Environment na prática (leia mais aqui).

Agora vamos observar como o Thinking Environment pode agregar valor para quem trabalha com grupos (professores, mentores, coaches, gestores, coordenadores, profissionais de RH, entre outros). Neste artigo você vai conferir algumas práticas da metodologia de Nancy Kline que aprimoram a dinâmica coletiva:

01 – Reuniões produtivas com Thinking Environment
02 – Comitê do Pensamento e treinamento de mentoria
03 – Rodada: prática coletiva de conversação
04 – Entrevista assertiva usando Thinking Environment

Facilitador com Thinking Environment

Imagem: equipe unida / Fonte: Pixabay

01 – Reuniões produtivas com Thinking Environment

É comum sairmos esgotados de reuniões corporativas. Nancy Kline criou uma técnica para mudar isso: “Transformando reuniões com Thinking Environment”. Esta técnica baseia-se em trazer os dez componentes da metodologia para o universo das reuniões. Quer saber mais? Leia nosso artigo “Como sair energizado de uma reunião”. Para saber sobre os cursos que oferecemos sobre reuniões mais produtivas, confira nosso site.

facilitador com Thinking Environment

Imagem: reunião estratégica / Fonte: Pixabay

02 – Comitê do Pensamento e treinamento de mentoria

Quando precisamos tomar uma decisão, podemos pensar que não há nada melhor que receber conselhos de pessoas experientes, certo? No Thinking Environment, nos ancoramos numa outra lógica: ao invés de dar conselhos, apenas relatar nossas experiências sem tentar convencer ninguém e, assim, libertar o outro para uma tomada de decisão independente a partir dos seus próprios insights.

Para resolver uma situação acessando a inteligência coletiva, indicamos a prática do Comitê do Pensamento. É um tipo de coaching entre colegas. Para mentores que trabalham individualmente ou com grupos, nós fazemos um treinamento de mentoria que incorpora essa prática e muitas outras. Se interessou? Saiba mais no artigo: “Esqueça seus conselhos: convencer é infrutífero”. Aliás, o Comitê do Pensamento é ensinado detalhadamente também no curso “Fundamentos do Thinking Environment”.

facilitador com Thinking Environment

Imagem: reunião / Fonte: IBC

03 – Rodada: prática coletiva de conversação

Na rodada, as pessoas interagem sobre um assunto de maneira assertiva e respeitosa. Essa prática é produtiva tanto em sala de aula quanto no ambiente corporativo. A rodada consiste em dar a vez igualmente para cada pessoa falar, enquanto os demais escutam, sem interromper, e desligando aquela voz interna que quer tomar a vez da fala e fica ocupada preparando o que dizer. Pode-se também cronometrar o tempo de fala de cada um. A qualidade e a profundidade da conversa aumentam, mesmo com as pessoas falando por menos tempo.

Além disso, os participantes praticam a escuta ativa através do componente da atenção “catalisadora”, que gera pensamento de qualidade no outro, principalmente se unida à outros componentes como a diversidade, que respeita integralmente o pensamento divergente.

Como isso acontece? Através de acordos claros sobre manter os 10 componentes do Thinking Environment.

facilitador com Thinking Environment

Imagem: rodada / Fonte: Marlenechism

04- Entrevista assertiva usando Thinking Environment

Na hora de contratar um novo colega de trabalho ou fechar contrato com clientes, é comum fazermos uma entrevista. O Thinking Environment traz técnicas específicas para que essa entrevista saia como o esperado. O conceito básico de como isso funciona é aprendido no curso de “Fundamentos do Thinking Environment”.

facilitador com Thinking Environment

Imagem: entrevista de emprego / Fonte: Sociedade Brasileira de Coaching

Se interessou por essas técnicas e quer saber qual curso é o mais indicado para seu perfil profissional? Leia nosso artigo “Qual é o curso certo para você?”. Para se inscrever, mande e-mail para cursos@munzner.co

Boa leitura e boa sorte na sua jornada!