|

Os 4 níveis da escuta: Teoria U e Thinking Environment

Você sabia que a escuta pode ser transformadora? A abordagem de mudança sistêmica conhecida como Teoria U e também o Thinking Environment usam a escuta como catalisadora de pensamentos e novas ideias.

Diferente de abordagens tradicionais, que inovam a partir de observações do passado, tanto o Thinking Environment quanto a Teoria U propõem um novo olhar: sair dos padrões do passado para criar e inovar a partir do que é mais verdadeiro e que surge no momento presente.

Um dos padrões antigos é a forma com que escutamos o outro.

Para adquirir consciência das diferentes escutas, convidamos você a observar os níveis de escuta dentro da Teoria U como descritos por Otto Scharmer - criador da teoria, escritor e professor do MIT (Massachusetts Institute of Technology).

Primeiro nível de escuta: downloading

O primeiro nível de escuta é chamado de downloading e se caracteriza por estarmos fingindo que estamos ouvindo, mas estamos concordando sem prestar atenção.

Por exemplo, alguém pergunta “tudo bem?”, e a outra pessoa responde "tudo bem!".

Há respostas automáticas pois o nível de diálogo parece pedir apenas por isso. Quando achamos que tudo que é dito só confirma o que já sabemos, respondemos no modo automático e vamos apenas fazendo um downloading do que é dito e do que se espera de respostas já conhecidas.

Segundo nível: escuta factível, abrindo a mente

O segundo nível de escuta é desenvolvido quando se escuta com a mente aberta, que é chamada a escuta factível.

Isso acontece quando você vai desligando a voz interna de julgamento para começar a escutar os fatos.

Você passa a comparar quais fatos fazem sentido, faz perguntas e presta atenção nas respostas. Essa escuta é voltada ao presente, com mente aberta, mas os níveis mais profundos do coração e da vontade ainda estão fechados.

Terceiro nível: escuta empática, abrindo o coração

Na escuta empática, você não se conecta apenas com sua mente, mas escuta também com o coração.

Você não está apenas entendendo o que a outra pessoa fala, mas está se conectando com ela. Você consegue se colocar no lugar do outro, fazer uma leitura de mundo a partir das referências do outro, então a fala da outra pessoa toca o seu coração.

Algumas metodologias abordam maneiras de chegar a esse nível, entre elas a Comunicação Não Violenta (CNV) e o Thinking Environment.

Quarto nível: escuta generativa, abrindo a vontade

O que acontece aqui é a escuta no nível mais profundo: quando prestamos atenção em como a outra pessoa está criando pensamentos e entramos em uma conexão profunda com ela.

Nesse momento, você abriu mente, coração e o principal: a vontade para o ouvinte e para todas as possibilidades que podem emergir dessa interação, indo diretamente para a ação.

“Aprender o Thinking Environment me ensinou a acelerar a descida do lado esquerdo do U quando ensino nos workshops esses níveis mais profundos de escuta. Na verdade conhecemos o Thinking Environment através da Teoria U porque a gente percebeu que muitas pessoas que usam a Teoria U internacionalmente usam o Thinking Environment para criar exatamente esse container seguro de escuta”.

Steffen Münzner, facilitador de processos de Teoria U e consultor de Thinking Environment.

Você não está apenas tendo empatia com o outro, mas também gerando transformação profunda ao co-criar pensamentos junto com ele, mesmo ficando em silêncio. Ou seja: neste momento você está encorajando a outra pessoa a gerar algo novo através da sua escuta. Ali acontece a inovação!

Se você quiser saber mais como é este processo de gerar pensamento novo a partir da escuta, temos um artigo que explica de forma bastante poética como acontece este momento especial: "Como Momo escuta? Gerando pensamento!".

É uma escuta no presente voltada ao futuro que quer emergir, que pressupõe uma conexão com uma fonte profunda e sistêmica de sabedoria e criatividade coletiva. Essa é a escuta que o Thinking Environment proporciona e que acontece a partir do conjunto dos Dez Componentes.

Quer saber mais sobre a Teoria U? Veja esse material em inglês do Instituto Presencing clicando aqui. Em português, confira a entrevista de Otto Scharmer para um canal brasileiro durante a Mostra de Sustentabilidade Ethos 2010:

Aprofunde-se no Thinking Environment com a Munzner

Leia também

O poder das Perguntas Incisivas e como aplicá-las

*Este texto é uma continuação da nossa série de artigos sobre as Perguntas Incisivas. Se você não leu ainda, confira o texto anterior onde falamos sobre o que são as Perguntas Incisivas e como construí-las. Em seus diálogos, encontros e reuniões, você considera possível pensar por si mesmo com fluidez e liberdade para se expressar […]

Ler artigo
O que são as Perguntas Incisivas e como construí-las

A nossa vida é feita de vários encontros e desencontros, relações humanas ora conflituosas e ora harmoniosas.  Você consegue perceber que em alguns momentos você volta na sua vida para os mesmos hábitos não tão saudáveis de vez em quando? Ou reage de forma similar quando alguns gatilhos aparecem na sua vida?     Quando dialogamos com outras pessoas, quando estamos pensando, ou […]

Ler artigo
Como o Thinking Environment apoia ambientes de Segurança Psicológica

A segurança psicológica é o principal fator moderador de sucesso das empresas. De acordo com McKinsey (2018), por exemplo, empresas que se caracterizam por um alto grau de diversidade na alta administração têm até 21% mais chances de serem lucrativas acima da média.  Nós já nos aprofundamos aqui no blog sobre esse assunto (se você quiser ler […]

Ler artigo

One comment on “Os 4 níveis da escuta: Teoria U e Thinking Environment”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Imersão 2019 - 9 a 16 de outubro de 2019

Matrículas abertas só até 31 de setembro!

Em 2019 teremos uma semana especial com os Cursos de Formação em Thinking Environment, realizados num sítio perto de Curitiba - Paraná.
Conheça a Imersão 2019

Empresas que já tiveram contato com o Thinking Environment

Nos últimos anos a Munzner treinou diversos profissionais que também foram pioneiros em levar o Thinking Environment para dentro de suas empresas.

Earthworm Foundation

GIZ – German Development Cooperation

Alltech do Brasil

Sustentare Escola de Negócios

FAE

ISAE

UniCesumar

Darnel Group

PUC Paraná - Escola de Negócios

Petrobras

Grupo Boticário

Oi

IBM

SENAR

Perkons

Famiglia Zanlorenzi

Riosulense

Comece sua jornada no Thinking Environment

Inscreva-se para receber nossos materiais educativos.

Virtus Desenvolvimento Integral
CNPJ 20.085.269/0001-25
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram