x

Menu

Artigos / Artigos

Você conhece a importância de ter tempo para pensar?

Artigos

 Munzner

Você quer ter as melhores decisões? Quer que seus colaboradores trabalhem oferecendo todo seu potencial? Deseja que seus clientes se abram e realmente revelem suas histórias e suas necessidades? De acordo com Nancy Kline, o primeiro trabalho de um líder é criar as condições para as pessoas pensarem por elas mesmas. Isso faz toda a diferença, o resto é consequência disso. E é válido para profissionais de todas as áreas de atuação. Caso queira mais produtividade no trabalho, reservar um tempo para pensar precisaria ser uma de suas prioridades.

Acompanhe:

A – Tempo para pensar sobre os rumos da empresa

B- Tempo para pensar para extrair o melhor potencial dos colaboradores

C – Tempo para pensar para interagir melhor com os clientes

.

time to think

.

A – Tempo para pensar sobre os rumos da empresa

 

É comum cometermos erros como subestimar o tempo para a equipe acabar uma tarefa importante, perder deadlines, esquecer de detalhes no planejamento e não perceber falhas óbvias. Além disso, muitas vezes tomamos decisões dentro do piloto automático ou pressionados pela pressa da entrega.

Porém você já parou para pensar se suas decisões têm sido as mais sábias e produtivas? Aliás, suas escolhas são independentes, surgem do seu ponto de vista ou apenas obedecem ao que o senso comum espera de você? É essencial pararmos com certa regularidade para analisar tudo isso e redirecionar nossas ações. Isso pode ser feito através de sessões de pensamento, nas quais há um pensador e um ouvinte e existe total liberdade para se dizer o que pensa, ou sente,deixar as ideias fluírem e quebrar falsos pressupostos que bloqueiam pensamentos e ações.

Outra saída também é modificar o ambiente no qual as decisões são tomadas para que as pessoas tenham uma chance de pensar por elas mesmas e assim fazer escolhas de mais qualidade, que tragam bons resultados. Transformar a sua empresa em uma organização com Thinking Environment pode ser desafiador, mas há grandes chances de os resultados serem surpreendentes. Quer saber mais sobre isso? Leia aqui.

.

time to think

.

B- Tempo para pensar para extrair o potencial dos liderados

 

Para extrair o melhor de cada pessoa de sua equipe, é necessário criar um tempo para pensar no qual elas possam se abrir e serem escutadas sem interrupção ou julgamento. Esse tempo é uma janela para que elas possam dar feedback, sugestões ou até mesmo falar sobre conflitos ou assuntos pessoais que as perturbam no momento. É preciso haver respeito mútuo, sigilo e muita atenção ao que o outro está falando para que um Thinking Environment seja criado e flua positivamente.  

O primeiro passo, para isso, é olhar para as pessoas de sua equipe como pensadoras do mesmo nível que você. Pode ser um exercício complexo, mas é importante deixar qualquer posicionamento de superioridade ou inferioridade de lado, mesmo dentro de uma hierarquia. Geralmente há hierarquia entre os cargos, mas é preciso tratar a todos de forma igual em sua capacidade para pensar. Todos possuem as mesmas possibilidades para gerar soluções e ideias inovadoras, desde que encontrem o espaço aberto para isso. O componente da igualdade é essencial para criar qualquer ligação mais genuína e menos superficial.

Ao estabelecer os 10 componentes do Thinking Environment na relação com sua equipe, você vai extrair o melhor potencial de seus colaboradores, pois eles estarão pensando por si mesmos e tendo seus posicionamentos respeitados, além de se sentirem vistos e valorizados. Ao escutar com atenção seus colaboradores, naturalmente eles também vão escutar você. E este tempo para pensar terá alinhado e energizado a equipe.

.

time to think

.

C – Tempo para pensar para interagir melhor com os clientes

 

Algo parecido acontecerá na relação com seus clientes. Enquanto você não se colocar como intelectualmente do mesmo nível que eles, você não conseguirá estabelecer as conexões necessárias para atingir o potencial máximo de seu serviço.

Nada de infantilização ou impaciência. É preciso manter os 10 componentes para que o cliente consiga se abrir, falar de suas necessidades, suas histórias e o que eles esperam de sua empresa ou de seu serviço. O ideal é que os seus clientes consigam pensar por si mesmos e criem com você a solução que estão procurando. Aliás, o que a maioria das pessoas quer quando procura qualquer tipo de serviço é ter alguém com quem elas possam falar o que pensam, quem elas são, o que é importante para elas e, só depois disso, querem ouvir conselhos e saber o que você pode fazer por elas.

Crie um Thinking Environment com seus clientes e qualquer solução ofertada se encaixará com mais facilidade e assertividade. Para saber mais sobre o que é essa ferramenta, leia aqui. Sobre os caminhos de certificação, confira este outro artigo. Caso queira saber com mais detalhes sobre como funciona uma organização com Thinking Environment, leia mais aqui.

.

time to think