x

Menu

Artigos / Artigos

O que é o Thinking Environment (Ambiente para Pensar)?

Artigos

 Munzner

Você conhece uma metodologia que liberta insights e desperta interações de qualidade entre as pessoas? Que cria confiança e compromisso entre os membros de um grupo, ajuda a criar reuniões mais produtivas e criativas, empodera as pessoas a tomar as melhores decisões, encoraja a interação e facilita a resolução de conflitos?

O Thinking Environment® pode transformar sua empresa, suas relações e até mesmo sua maneira de agir no mundo de maneira sutil, mas profunda. Traduzido para o português como “Ambiente para Pensar” é o conjunto de condições sob as quais as pessoas podem pensar por si mesmas com imaginação, coragem, intensidade e leveza.   

 

.

Thinking Environment: como funciona?

.

Como tudo isso acontece? Depois de anos de pesquisa e observação, Nancy Kline, criadora da metodologia Thinking Environment e presidente do Time To Think Inc, junto com seus associados, reconheceu que nós desenvolvemos um pensamento com mais qualidade quando as pessoas ao nosso redor ancoram alguns comportamentos. Nancy os traduziu mais tarde como os Dez Componentes de um Ambiente para Pensar (“The Ten Components of a Thinking Environment”). Cada componente é valioso individualmente, mas é o conjunto de todos os dez trabalhando simultaneamente que faz esse processo ter impacto transformador. Leia mais sobre os dez componentes aqui.

Dominar nossos comportamentos para impactar os outros de maneira positiva é uma jornada de aprendizagem do Thinking Environment. Essa filosofia de vida ancorada por Nancy Kline começou na Inglaterra. Atualmente, já está presente em 17 países. A Munzner é pioneira em trazer essa ideia para o Brasil e oferece cursos de aprofundamento em várias cidades como Curitiba, São Paulo, Brasília, Porto Alegre e Rio de Janeiro.

.

Thinking Environment: por que isso importa?

.

“A qualidade de cada ação humana depende do pensamento que fazemos antes da ação”. Portanto, se você está interessado em gerar as melhores decisões para uma melhor ação, deve saber como gerar o melhor pensamento primeiro. O Thinking Environment é um processo que faz exatamente isso. O primeiro ato de liderança genuína é, portanto, criar um Thinking Environment para sua equipe. A partir deste momento, cada ato subsequente ganha qualidade.

Isso pode soar simples, mas exige que os líderes rompam com uma tradição histórica incorporada na mentalidade humana há anos. Essa mentalidade vê a vida hierarquicamente e, ao fazer isso, separa as pessoas entre as que estão no topo e as que são inferiores. Enquanto os “realizadores”, que são os executores de tarefa, não possuírem espaço para pensar antes de executar, as ações não estarão sendo realizadas em seu máximo potencial.

.Reconhecer a hierarquia, mas não aderir à abordagem hierárquica com esses nos padrões de desigualdade, é um desafio que vale a pena enfrentar. E cultivar um Thinking Environment é uma maneira comprovada de fazer isso.

.

Thinking Environment

.

Thinking Environment: como isso irá beneficiar você?

.

Ao usar o Thinking Environment, você e todos ao seu redor  desenvolvem seu próprio pensamento com mais clareza, imaginação e coragem. Isso, por sua vez, produzirá:

.

  • Geração colaborativa de ideias poderosas
  • Aumento da performance da empresa
  • Maior produtividade de reuniões e diálogos
  • Equipes mais unidas e integradas
  • Aumento da vontade de estar na empresa
  • Maior clareza para resolver problemas
  • Facilidade para definir objetivos
  • Redução do stress

.

Isso, por sua vez, já produziu em empresas que receberam o Thinking Environment:

.

  • Redução de 62% do tempo de reunião da gerência executiva por ano;
  • Economia financeira de R$ 150.000,000 em um dia;
  • Redução em 44% do custo de cada decisão;
  • Redução, em 30 minutos, de um mês de trabalho da equipe de pesquisa;
  • Resolução de um conflito entre três áreas da empresa que não se comunicavam de maneira integral, mas dependiam uma da outra. O Thinking Environment gerou insights, uniu os setores e evitou que a empresa fosse multada por um atraso contratual.

.

Para o indivíduo, os benefícios também são visíveis:

.

  • Insights e reflexões que podem até ter efeito terapêutico;
  • Resolução de conflitos entre casais e pares;
  • Diálogo mais afinado entre pais e filhos;
  • Tomada de decisão assertiva em momentos desafiadores;
  • Coragem para falar o que pensa sem prejudicar a amizade e as relações;
  • Independência para ter insights por si mesmo, sem precisar da opinião de outros, nem mesmo de um coach

É provavelmente por esses resultados sutis, mas poderosos, que este processo foi chamado, segundo  Trisha Lord, de “produto de desenvolvimento individual mais valioso no mercado”.

.

 

Quem pode fazer os cursos de Thinking Environment?

.

Todos (as) que quiserem aprimorar-se e desenvolver suas relações com mais qualidade são bem-vindos (as). Algumas pessoas que podem se beneficiar intensamente são:

  • Líderes de empresas, ex: gerentes que desejem aprimorar sua liderança
  • Gestores de Recursos Humanos
  • Treinadores
  • Conselheiros
  • Coaches
  • Consultores
  • Terapeutas
  • Educadores
  • Pais e membros da família que estão em conflito
  • Quem trabalha em contato direto com o público
  • Facilitadores de grupos
  • Casais
  • Líderes comunitários
  • Comunicadores
  • Mediadores de conflito

Você se interessou pelo Thinking Environment porém não sabe qual curso escolher ou qual certificação é a mais adequada para sua escolha profissional? Leia mais aqui.